O que o marketing digital pode fazer pela sua empresa offline

Não faz muito tempo que nos deparamos, aqui na Vindi, com uma pergunta que eu considero interessante por na pauta aqui neste blog: Porque eu deveria usar o marketing digital se meu negócio é local e offline?

Começo aqui fazendo um adendo. Particularmente eu não gosto de separar as coisas. Você, leitor, quando está na praça, no shopping ou em casa, sem nada para fazer, usa o as redes sociais, checa seu e-mail ou usa o What’s app? E quando está focando em seu trabalho no computador, ouve rádio, televisão ou até conversa com alguém que esteja próximo?

Vou considerar que você tenha respondido sim às duas perguntas do parágrafo acima, afinal estamos em 2015 e né… não dá mais para fazer distinção do que é online e o que é offline.

Aliás, lembrei de um texto sensacional de uma das maiores referências em Marketing Digital do Brasil, se você tiver um tempinho, leia “Cibridismo: ON e OFF line ao mesmo tempo“, de Martha Gabriel.

E é com essa linha de raciocínio que hoje quero conversar com você sobre a resposta para a pergunta do início deste post. Destrinchei a resposta em três etapas para ficar mais simples de explicar e por que adoramos lista, não é verdade? Vamos lá:

    1. A luta do empreendedor de pequena empresa local para alcançar seu público alvo

      Uma loja ou restaurante local quando inicia sua comunicação para captar clientes tem seu alcance limitado por questões óbvias: Espaço: Não há panfletagem que consiga cruzar um bairro inteiro;
      Horário: Seus clientes não estão disponíveis 24h por dia para receber suas promoções e ofertas, como na internet;
      Métricas:
      Muito legal aquela ação de outdoor, mas quantas pessoas viram? Destas, quantas são o seu público alvo de verdade? Anúncios em plataformas como o Facebook e o Google te permitem selecionar características como cidade, sexo, escolaridade, horário e até se a pessoa que verá seu anúncio torce pro Remo ou Paysandu.

    2. Mas por que se preocupar?
      Não quero parecer cruel, mas isso é apenas a forma como o mundo está se movendo, certo? Quero dizer, eventualmente, tudo vai ficar on-line. E o que eu não posso comprar on-line (como um tomate fresco, por exemplo) está disponível na Yamada. Vamos apenas nos acostumar com isso.Bem, não, também não é por aí.Olha só, se a tendência mesmo é tudo virar on-line ou franquias de grandes marcas  não haveria mais lojas locais ou restaurantes disponíveis, a economia local estaria sujeita ao fracasso e, essencialmente, quebraria. Lembro que estamos aqui para fortalecer que o ideal é que seu negócio local utilize o marketing completo, com ações off e on line.

      Então, voltemos.

      O fato é que queremos e precisamos que a nossa economia local seja forte e saudável, porque – entre muitas outras grandes razões – ela gera emprego e renda de uma forma edificante, como você pode conferir no movimento “Compre do pequeno“.


    3. Então o que devo fazer?
      Pegando carona no texto da Martha ninja Gabriel…

      “E como aproveitar as oportunidades que essa nova dimensão do ser humano traz para o marketing? Com a estratégia mais antiga e simples possível — causando boas experiências, independente de serem ON ou OFF, em cada momento.  No entanto, para que isso aconteça, existe uma palavra mágica: integração! Integração de plataformas, tecnologias, estratégias, conceitos, áreas, pessoas, tudo! Na minha opinião, esse é o maior desafio daqui pra frente.”

      Convido você, empreendedor local, a pensar em como criar uma experiência que seja atraente para o seu público alvo e que traga bons resultados para o seu negócio.

      O planejamento estratégico de sua empresa deve ter em mente que ON e OFF andam juntos, conta uma história que comece no menu do seu restaurante e termine na sua página no Facebook, crie cupons de desconto e mande por e-mail para seus clientes na hora do almoço. Faça mais do que sua concorrência, sempre. Inove pense nos hábitos do seu cliente, o que gosta, o que não gosta, que horas está mais propenso a comprar, qual nível de escolaridade etc.

      Inovação é mais uma questão de criatividade do que de investimento financeiro. Vamos pensar juntos? Clique aqui para marcarmos um cafezinho ou uma cervejinha para falar sobre como o marketing digital pode ajudar você.

Facebook Comments

8 thoughts on “O que o marketing digital pode fazer pela sua empresa offline

  1. Será que o modo tradicional de verder imóvel está morrendo?
    Almentar a abrangencia a automatização das vendas.
    É possível realizar a captação de pessoas sem você está presente?
    Podemos usas as mídias sociais para alavancar nossas vendas.
    Click no meu nome e conhça mais sobre esses assuntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *