A Tesla é considerada uma das empresas mais inovadoras do mundo. Apesar de atuar em um mercado competitivo, o automobilístico, ela tem crescido como nenhuma outra. Seu segredo: investe aproximadamente 18% do orçamento no desenvolvimento de novos produtos.

Esse é apenas um dos vários exemplos de como a inovação em uma empresa pode tornar sua marca mais forte e desejada. Mas para isso é necessário vencer diversas barreiras internas e externas, como a falta de recursos, os concorrentes e o mercado em geral.

Pensando nisso criamos um post especialmente para você. Continue lendo e veja quais são os desafios para tornar sua empresa mais inovadora e como fazer isso. Boa leitura!

Principais desafios para a inovação na empresa

É muito comum pensar em inovação como a criação de algo grande e disruptivo, mas nem sempre é assim. Algumas inovações são pequenas, feitas como um passo a passo para o sucesso – ou para se chegar no grande objetivo. Isso é chamado de inovação emergente.

Imagine o setor automobilístico. É quase impossível comparar um carro atual com um fabricado cinco décadas atrás. Ou seja, as mudanças não ocorreram do dia para a noite, elas foram feitas aos poucos, peça por peça.

Mesmo essas pequenas inovações enfrentam grandes barreiras para existir, desde problemas com recursos financeiros limitados até a falta de uma liderança realmente eficiente. Veja agora os principais problemas:

  • falta de recursos para financiar novos projetos;

  • dificuldade em encontrar líderes inspiradores;

  • processos burocráticos;

  • equipe pouco entusiasmada;

  • falta de uma cultura de inovação;

  • necessidade de retorno imediato.

Como garantir a inovação na empresa

Inovar é uma forma de melhorar a qualidade dos serviços e produtos existentes, otimizar a eficiência operacional, superar as expectativas do público-alvo, expandir o negócio e garantir uma marca mais sólida no mercado.

Mas, como fazer isso?

Mantenha o foco no ambiente externo

O mercado é grande e repleto de oportunidades, então, para quem deseja inovar, é preciso manter o foco nas necessidades que existem e precisam ser supridas. Uma ótima dica é buscar os nichos de mercado, pois neles a competitividade é menor.

Monitore os principais concorrentes

Os concorrentes são excelentes fontes de inspiração. Ao monitorá-los é possível avaliar o que pode ser aperfeiçoado em sua própria empresa. Para isso, é importante definir e acompanhar alguns indicadores-chave de desempenho.

Acompanhe as categorias adjacentes

Essas são empresas que podem competir com seu negócio em algum momento, mas não são necessariamente concorrentes. Imagine uma cafeteria e uma loja de energéticos: são coisas completamente diferentes, mas um cliente poderia deixar de tomar um café para tomar um energético. Isso é uma categoria adjacente ou uma concorrência indireta. Acompanhe-as e tenha muitos insights.

Crie um time inovador

As pessoas são um importante elemento para a inovação nos negócios, então é importante incentivar os funcionários a “pensar fora da caixa”. Para isso, marque reuniões de brainstorming, implemente caixas de sugestões e melhore a comunicação interna.

Busque consultorias externas

Os consultores são especialistas em uma área e possuem todo o know-how necessário para implementar eventuais mudanças na empresa. Então é importante buscar especialistas nas áreas de maior deficiência ou dificuldade de mudança, para auxiliar esse processo.

Reserve um orçamento específico para projetos inovadores

Inovar envolve diversos custos, seja com o monitoramento de concorrentes, construção de equipes ou contratação de especialistas. O retorno da inovação será de médio ou longo prazo, então reserve um orçamento específico para isso.

Nenhuma empresa deve pensar apenas no hoje, mas também gerenciar seus diversos recursos pensando no amanhã, por isso, inovar é uma necessidade básica.

Agora que já conhece os principais desafios da inovação na empresa e como fazer isso, aproveite para compartilhar suas dúvidas e experiências sobre o assunto. Deixe seu comentário em nosso post!

Facebook Comments