Quer empreender na crise? Perca o medo e se jogue

A palavra “Crise” deixa muitos empreendedores mais assustados do que paraense quando acaba a farinha. Empreender na crise pode parecer um desafio homérico, visto que o tal palavrão faz a economia recuar, pessoas gastarem menos e empreendedores são forçados a espremer tudo de criatividade para manter o ritmo de vendas.

Quando estes ainda estão com a ideia só no papel, empreender na crise vira algo fora de cogitação: mas será mesmo?

Eu seria ingênuo se desdenhasse do receio de empreender na crise, caso de muito amigos meus. Isso é normal. Em tempos difíceis para o mercado, os resultados podem não vir tão rápido quanto planejamos.

Mas há momentos, na vida e negócios, que precisamos dar um passo atrás, respirar e pensar sobre tudo com mais cuidado do que o habitual, especialmente durante esses momentos raros de crise nacional, mesmo global.

Tem uma frase que ilustra bem o que quero dizer:

O rei Leônidas colocou cerca de trezentos soldados espartanos e mais mil de outras regiões. Xerxes enviou uma mensagem de aviso: “Entregue-se, espartano, minhas flechas serão tão numerosas que cobrirão o sol.” Leônidas então respondeu:

“Ótimo, então lutaremos na sombra”.

Claro, não espere que, ao empreender na crise, você atinja seu ponto de equilíbrio em curto prazo. Cada negócio tem suas peculiaridades, mas se você se manter nos tempos difíceis, quando a maré acalmar você será o rei do oceano. E não sou eu quem está falando isso, olha só:

Ok, acho que você precisa de mais uma referência. E se este senhor aí abaixo te disser isso?

Com crise, sem crise, tanto faz. Um negócio inovador, em fase inicial, terá dificuldades para crescer rápido. Ninguém conhece sua marca, sua equipe ainda não está afinada o suficiente, seu produto ainda é desconhecido e por aí vai.

Enquanto sua concorrência, que ou ainda não existe ou está com o pé no freio, é a hora ideial para você testar novos produtos, validar seu plano de negócios e ir testando o mercado como quem verifica se o chuveiro está na temperatura ideal.

Claro que isso pode trazer certo risco. Para ajudar a minimizar os riscos, aconselho a clicar aqui.

A decisão não é simples e fácil, vale lembrar que planejamento é muito importante para o seu negócio. Você já sabe como elaborar um plano de negócios? Está familiarizado com MVP, PDCA e Canvas? O que acha de contar com uma empresa capaz de cuidar da sua ideia, do planejamento à execução? Conte com a Vindi.

Que tal colocar aquela sua ideia em prática?

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *