Afinal, como posso colocar meu site no Google?

Se você tem uma empresa, provavelmente já está investindo em mudanças para adaptá-la ao mundo digital. São transformações realmente necessárias, mas que geram dúvidas quanto às formas que os clientes e potenciais clientes podem encontrar a sua marca na Internet, não é mesmo? E a pergunta que sempre surge é: como colocar meu site no Google?

Neste post, vamos mostrar o que fazer para o seu site aparecer no gigante das buscas e quais ferramentas podem ajudar nesse momento. Boa leitura!

Como o Google funciona?

Antes de entendermos como o Google funciona, precisamos saber o que é um índice. Tenha em mente, portanto, que um índice é uma espécie de banco de dados dos mecanismos de busca, que reúne uma série de informações sobre os sites e suas páginas. Se um site estiver presente nesse índice, quer dizer que ele tem a possibilidade de aparecer nos resultados de busca.

Mas como incluir o seu site nesse índice? Já vamos chegar lá!

Os buscadores têm softwares chamados crawlers/spiders/robots (os robots do Google são conhecidos como Googlebot), especialmente criados para varrerem a Internet analisando os conteúdos das páginas web e os links presentes nelas. Dentro desses links, eles analisam mais conteúdos e procuram por mais links, e assim sucessivamente.

Sempre que os robots encontram novos sites ou páginas durante esse processo, adicionam informações sobre eles no índice.

Porém, é importante destacar que o fato o seu site estar indexado não quer dizer que ele aparecerá no Google. Isso depende de diversos fatores como a quantidade (e qualidade) de links apontando para ele e a relevância do seu conteúdo para a pesquisa do usuário.

Como aparecer no Google?

Sendo assim, vamos mostrar primeiro uma forma mais tradicional de adicionar um site ao índice do Google. Em seguida, veremos como melhorar as suas chances de aparecer nos resultados das buscas. Vamos lá?

Método 1 — Google Search Console

Usando a ferramenta Search Console, é possível enviar para o Google o seu sitemap.xml, um arquivo que contém uma lista com todas as páginas do seu site e suas respectivas URLs.

O sitemap pode ser criado com serviços como o XML Sitemaps ou o plugin Yoast SEO para WordPress e enviado dentro do Search Console no caminho “Rastreamento” >> “Sitemaps” >> “Adicionar Sitemap”.

Método 2 — SEO

Vamos falar aqui sobre otimização de sites para mecanismos de busca, ou SEO (Search Engine Optimization). São técnicas e estratégias utilizadas para facilitar a compreensão de páginas web pelos buscadores e aumentar as possibilidades de se posicionar bem nos resultados das pesquisas dos usuários.

Isso inclui habilidades como:

  • escolher quais palavras-chave e saber como usá-las no conteúdo do site, de forma que o Google entenda melhor do que se trata o seu negócio;
  • saber utilizar elementos como título, descrição da página, formatação do texto e descrição de imagens de um jeito eficiente;
  • criar um design responsivo para o site, para que ele seja compatível com dispositivos móveis;
  • conseguir links de sites relevantes na sua área de atuação para o site da sua empresa.

Há ferramentas que podem ajudá-lo a analisar o seu site sob o aspecto de SEO. Por exemplo, o SEOquake é capaz de fazer um diagnóstico na página e apontar o que pode ser melhorado. Já o SEMrush é ótimo para avaliar o seu desempenho nas buscas (quanto tráfego seu site gera, quantos links apontam para ele, com quais termos de busca as pessoas costumam chegar até você, etc.).

Lembramos que todas essas práticas têm formas corretas e incorretas de serem implementadas. Portanto, para garantir os melhores resultados e não prejudicar a sua marca, recomendamos sempre a contratação de uma agência especializada.

E aí, curtiu o nosso artigo de hoje? Já consegue dar uma resposta à altura se alguém perguntar “como colocar meu site no Google”? Então, continue aprendendo mais conosco e veja o que busca o cliente moderno!

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *